A medalha de São Bento não é um “amuleto da sorte”. Trata-se de um sacramental, isto é, um sinal visível de nossa fé. Explicamos abaixo toda a sua origem e significados.

1) A origem da medalha

Ela é incerta, mas foi usada desde os tempos antigos. No século XVII, durante um julgamento de bruxaria na Alemanha, algumas mulheres acusadas testemunharam que não tinham poder sobre Abadia de Metten porque estava sob a proteção da cruz.

Quando se investigou, foram encontradas nas paredes do recinto várias cruzes pintadas, rodeadas por letras que agora se encontram nas medalhas. Posteriormente, foi encontrado um pergaminho com a imagem de São Bento e as palavras completas das letras.

2) O Jubileu


A Medalha, como se conhece agora, é a do jubileu que foi emitida em 1880 pelo 14º centenário do nascimento do Santo e lançada exclusivamente pelo Abade Superior de Monte Cassino.

Com ela se pode obter a indulgência plenária na festa de São Bento (11 de julho), seguindo as condições habituais que a Igreja manda (confissão sacramental, comunhão eucarística e oração).

3) A Medalha de São Bento é um sacramental

A medalha de São Bento é reconhecida pela Igreja com grande poder de exorcismo. Os sacramentais “são sinais sagrados por meio dos quais, imitando de algum modo os sacramentos, se significam e se obtêm, pela oração da Igreja, efeitos principalmente de ordem espiritual”.

“Por meio deles, dispõem-se os homens para a recepção do principal efeito dos sacramentos e são santificadas as várias circunstâncias da vida” (Catecismo, 1667).

4) A frente da medalha

A medalha traz a imagem de São Bento com uma cruz na mão direita e o livro das Regras de seus religiosos na outra mão.

Ao lado do Santo se diz: “Crux Sancti Patris Benedicti” (cruz do Santo Pai Bento). Pode-se ver também um corvo e um cálice do qual sai uma serpente. De maneira circular, aparece a oração: “Eius in óbitu nostro preséntia muniamur” (Na hora da nossa morte sejamos protegidos pela sua presença). Na parte inferior central se lê: “x. S. M. Cassino MDCCCLXXX” (Do Santo Monte Cassino 1880).

5) O verso da medalha

Nele está a cruz de São Bento com as letras:

  • C.S.P.B. – “Cruz do Santo Pai Bento”.
  • C.S.S.M.L. – “A cruz sagrada seja minha luz” (na haste vertical da cruz).
  • N.D.S.M.D. – “Não seja o dragão meu guia” (na haste horizontal da cruz).

Em um círculo, começando no canto superior direito:

  • PAX – “paz”.
  • V.R.S. – “Retira-te, satanás”
  • N.S.M.V. – “nunca me aconselhes coisas vãs”.
  • S.M.Q.L. – “É mau o que me ofereces”
  • I.V.B. – “bebe tu mesmo os teus venenos”.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here