1) Vocação ao sacerdócio

São João Paulo II começou a perceber a vocação ao sacerdócio quando, certa vez, “flagrou” seu pai ajoelhado, rezando, durante a noite.

2) Falava várias línguas

São João Paulo II não apenas falava fluentemente o latim, coisa rara em nossos tempos, como também conversava em eslovaco, russo, italiano, francês, espanhol, português, alemão, ucraniano e inglês, além, é claro, da sua amada língua materna, o polonês.

3) Especialista em São João da Cruz

São João Paulo II era especialista em São João da Cruz e na tradição mística do Carmelo. Uma das suas teses de doutorado (sim, porque ele não tinha um, mas dois doutorados!) era, justamente, “A Doutrina da Fé em São João da Cruz”.

4) Foi eleito Papa no dia da festa de Santa Margarida Maria Alacoque – devota do Sagrado Coração de Jesus

São João Paulo II foi eleito Papa em 16 de outubro – festa de Santa Margarida Maria Alacoque, a promotora da devoção ao Sagrado Coração de Jesus, da qual floresce a devoção à Divina Misericórdia.

5) Sofreu um gravíssimo atentado na Praça de São Pedro

São João Paulo II sofreu um gravíssimo atentado em plena Praça de São Pedro: levou dois tiros, em 13 de maio de 1981 e, após superar uma série de complicações, pôde deixar definitivamente o hospital no dia 14 de agosto. 13 de maio é dia de Nossa Senhora de Fátima; 14 de agosto é véspera da Assunção de Nossa Senhora aos Céus. Em referência ao auxílio de Nossa Senhora neste episódio a que sobreviveu quando os próprios médicos duvidavam de que conseguisse, ele resumiu: “Uma mão disparou. Mas outra mão guiou a bala”.

6) Foi o detentor, por muitos anos, do recorde por ter conseguido juntar a maior quantidade de pessoas já registrada em um evento

São João Paulo II foi a pessoa que reuniu a maior aglomeração humana já registrada até então em toda a história da humanidade: 6 milhões de pessoas em torno à Santíssima Eucaristia, durante a Santa Missa de encerramento da Jornada Mundial da Juventude em 1995, na capital das Filipinas, Manila. O recorde foi quebrado por outra Santa Missa, também rezada em Manila: a do Papa Francisco em sua visita apostólica de janeiro de 2015, que reuniu 7 milhões!

7) Foi o Papa que mais visitou países durante o seu papado

São João Paulo II foi o Papa que visitou a maior quantidade de países durante o seu pontificado: nada menos que 129! Tornou-se icônico o seu gesto de beijar o solo de cada país ao qual chegava.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here