“Jamais se viu algo semelhante em Israel”. Esse trecho, tirado do Evangelho de hoje (Mt, 9 32-38) é tão lindo que eu fico aqui imaginando como eram felizes aquelas pessoas que seguiam Jesus em seu tempo e se maravilharam com suas palavras, seus milagres, seus ensinamentos.

Ao ler o Evangelho de hoje, duas coisas me chamaram muito a atenção. A primeira delas foi a frase acima, que por si já mostra a grandiosidade do Nosso Senhor. E a outra expressão que ficou marcada em minha mente foi “apresentaram-lhe um homem mudo”. Fiquei um bom tempo me perguntando, por quê? Por que esse trecho salta aos meus olhos quando leio? E Jesus me respondeu: “meu filho, porque é assim que muitas vezes você se sente”. Isso tocou muito meu coração, pois muitas vezes eu e muitos de vocês nos sentimos assim, sem voz, porque as vezes deixamos que muitas coisas ao nosso redor nos calem, ou pode ser que carreguemos coisas tão dolorosas que sejam muito dificeis de falar. E isso é ruim né?

Ninguém merece sofrer e é por isso que temos Jesus. Podemos confiar e falar para Ele todas as nossas aflições e Jesus quer nos ouvir, Ele não quer que fiquemos mudos, pois quando não falamos, nos deixamos possuir. Não se deixem possuir meus irmãos, falem, glorifiquem, conversem com Jesus todos os dias e os milagres começaram a acontecer em sua vida também. Deixem se amar pelo amor de Jesus, ouçam os seus ensinamentos e fiquem admirados pelas suas maravilhas, assim como ficou a multidão que o seguia lá em Israel.

Seguindo no Evangelho de hoje, vemos também, um Jesus compadecido. Jesus se compadeceu da multidão que estava cansada, abatida. Compadecer é sofrer minha gente! Jesus sofreu junto com seu povo e sofre junto com a gente quando estamos sofrendo. Ao ver a expressão de cansaço no rosto dos que o seguiam, Jesus percebeu que a multidão estava sem pastor e manifestou seu desejo de ser o pastor daquele povo. Ele se tornou o nosso pastor. Mas não um pastor qualquer. Ele é o Pastor enviado por Deus para nos guiar pelo caminho seguro, para nos ouvir, para nos alegrar, para nos curar.

“A messe é grande, mas os operários são poucos”, isso é Jesus te chamando para ser operário, para servir, para levar sua palavra adiante para todos os seus irmãos. Nossa tarefa é difícil, pois somos diariamente tentados, mas tenha a certeza que Jesus vai te guiar e estará ao seu lado em todos os momentos.

Por isso, sinta-se escolhido por Jesus, e sejam como aquelas pessoas da multidão que o seguiam. Acreditem nas promessas do Senhor e sejam fiéis operários de sua messe. Anunciem para o mundo ouvir que Jesus é o nosso Salvador! O nosso Pastor.

Essa é a mensagem do Evangelho de São Mateus para nós hoje.

Amém!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here