“Toda família precisa do pai, ele sabe bem quanto custa transmitir esta herança: quanta proximidade, quanta doçura e quanta firmeza, mas também quanto consolo e recompensa se recebe quando os filhos honram esta herança! É uma alegria que redime todo cansaço, que supera toda incompreensão e cura toda ferida”. Essas são palavras do Papa Francisco, e é por isso que queremos compartilhar com vocês algumas dicas que Ele dá para os pais:

1) Ser presente

“Que seja próximo à mulher, para partilhar tudo, alegrias e dores, cansaços e esperanças.

E que seja próximo aos filhos em seu crescimento: quando brincam e quando se empenham, quando estão despreocupados e quando estão angustiados, quando se exprimem e quando ficam em silêncio, quando ousam e quando têm medo, quando dão um passo errado e quando reencontram o caminho”. Em todas estas ocasiões o pai deve estar sempre presente”.

2) Não ser controlador

“Estar presente não é o mesmo que controlar: os pais muito controladores anulam os filhos, não os deixam crescer”.

3) Ser paciente

“Os pais devem ser pacientes. Tantas vezes não há outra coisa a fazer se não esperar; rezar e esperar com paciência, doçura, magnanimidade, misericórdia”.

4) Saber corrigir

“Um bom pai sabe esperar e sabe perdoar, do fundo do coração. Sabe também corrigir com firmeza: não é um pai frágil, complacente, sentimental. O pai que sabe corrigir sem degradar é o mesmo que sabe proteger sem se economizar”.

5) Ser amigo

“Sem a graça que vem do Pai que está nos céus, os pais perdem a coragem e abandonam o campo. Mas os filhos precisam encontrar um pai que os espera quando retornam dos seus insucessos. Farão de tudo para não admitir isso, para não deixarem ver, mas precisam; e não encontrar isso abre feridas difíceis de curar”.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here